pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

20.07.21
|
PPP da Iluminação já gera economia de mais de 39% de consumo de energia
Fonte: Procel Info - 20.07.2021
Foto: Araípedes Luz/ PMU
Minas Gerais – A Parceria Público-Privado (PPP) da Prefeitura de Uberlândia com a empresa licitada Engie continua gerando resultado. Até o momento, a gestão já registrou uma redução de 39,3% de energia elétrica para o município, com a substituição de 52.929 luminárias por tecnologia LED, oferecendo mais eficiência, durabilidade e economia.

O número representa cerca de 60% de conclusão dos quase 90 mil pontos de luzes cadastrados para a modernização, que ao atingi-lo, significará 100% de toda iluminação do município com nova tecnologia. A melhoria chegou também nos quatro distritos do município: Tapuirama, Martinésia, Cruzeiro dos Peixotos e Miraporanga.

O projeto entregará, até 2022, a modernização de todo o parque elétrico da cidade com uma qualidade superior de iluminação pública com maior durabilidade, luminosidade, sustentabilidade com redução na emissão de gás carbônico e economia estimada acima de 50% no consumo de energia elétrica.

Para João Júnior, secretário municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, que administra o contrato, além de melhorar a vida social de cada cidadão, a modernização traz mais economia para a cidade. “Além de eficiência, a PPP ainda gera economia nos cofres públicos e mais proteção ao meio ambiente, o que retornará como benefício para a própria população. Contribui também para com a segurança, deixando mais iluminadas as áreas que eram escuras ou com má iluminação, já que a boa luminosidade oferece uma ‘saúde social’, deixando a população mais confortável e melhorando a interação dela para com os espaços públicos”.

Durante a instalação das novas lâmpadas com tecnologia LED, as luminárias de mercúrio ou sódio que estão sendo retiradas, passam por um processo de descontaminação dos metais pesados e só posteriormente são descartadas de forma ambientalmente correta. A empresa licitada até o momento, já fez este procedimento com 74.119 lâmpadas retiradas.

Mais economia e sustentabilidade

A troca de toda iluminação pública (de mercúrio e/ou sódio) para a tecnologia LED (Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz) reduzirá o consumo de energia elétrica do sistema de Iluminação Pública do município em no mínimo 50% e Uberlândia deixará de emitir por ano, cerca de duas mil toneladas de gás carbônico para a atmosfera. Só uma unidade de lâmpada incandescente solta 2,7kg de CO2 na atmosfera. A tecnologia emite 450g por unidade, 84% a menos do que a tradicional. Com a modernização, Uberlândia deixará de emitir cerca de 2 mil toneladas de gás carbônico por ano. Além de mais econômica e durável, a tecnologia não provoca desconforto térmico (aquecimento) e perdas de energia em forma de calor, tão prejudicial ao meio ambiente.

*Com informações da Prefeitura de Uberlândia
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas