pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

22.07.19
|
Um bom projeto de climatização ajuda na economia de energia
Fonte: Diário do Pará Online - 22.07.2019
Pará – O projeto é a “alma” do negócio. É assim que Leandro Pissolati, sócio diretor do Grupo Imperador das Máquinas, descreve a importância de um bom sistema de climatização. “É preciso entender a necessidade do cliente e, em cima disso, é desenvolvido um projeto para solucionar tal necessidade”, destaca. O empresário explica que para obter um resultado satisfatório, profissionais especializados analisam alguns fatores com um objetivo maior: a economia de energia.

Segundo Leandro, tudo começa com o projeto, pois ele vai identificar de forma correta a necessidade do cliente, seja para ambientes residenciais, industriais, hospitalares, entre outros. “Há clientes residenciais, por exemplo, com várias situações diferentes: apartamento que tem uma carga térmica elevada, outro com sol poente (posição em que o ambiente está no período do sol da tarde), ou aquele que gosta do clima de montanha. Então, vou ter uma carga direcionada para atender esse cliente e desenvolver uma solução para isso”, detalha.

Para o projeto ser executado, são analisados a carga térmica do ambiente e a tecnologia que vai gerar custo benefício. No primeiro caso, são levados em conta a quantidade de pessoas, objetos que geram calor e se há fator externo que afeta a carga térmica interna, neste caso, o sol. “É importante saber se existe o sol poente porque haverá uma carga maior nesse horário de ‘pico’, porém, à noite, esse ambiente será totalmente diferente. Então, a gente vai entender a necessidade para fazer um projeto que é o desenvolvimento da solução para climatizar o ambiente conforme a necessidade dele”, reforça Pissolati.

TECNOLOGIA

Depois de analisar a carga, o projetista utilizará a tecnologia que vai trazer o custo-benefício, que é a eficiência energética, afim de que o equipamento consuma menos energia. “E isso pode agregar outras coisas, como filtragem e a forma de comando do ar-condicionado. Tudo só funciona com um projeto exclusivamente para atender a necessidade de cada ambiente”, explica.

No entanto, o empresário afirma que algumas pessoas ainda desconhecem o que a tecnologia disponibiliza para a solução de climatização. Em dias quentes, por exemplo, comuns na região amazônica, o compressor inverter tem o objetivo de acelerar e desacelerar a temperatura conforme a necessidade do ambiente, sempre dentro do limite da carga do equipamento.

“O custo-benefício está em cima do projeto. Se tenho uma tecnologia que varia conforme a necessidade, já estou economizando 50% de energia, pois nas (tecnologias) antigas, uma máquina de 30 btus possuía essa capacidade de manhã, de tarde e à noite. Com esse tipo de solução, se tem a mesma máquina, com a mesma capacidade, mas o compressor - que é inverter-, por exemplo, vai trazer em horários diferentes uma carga que varia automaticamente”, exemplifica Leandro Pissolati.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas