pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

04.11.19
|
Primeira cidade eco inteligente do mundo será construída no México
Fonte: Casa Vogue - 02.11.2019
Divulgação
México - Já pensou onde viveremos no futuro? A primeira cidade eco inteligente do mundo será construída a 100 km de Cancún, no México. Assinado pelo grupo imobiliário Karim’s e o escritório Stefano Boeri Architetti, o projeto inovador pretende abrigar 130 mil habitantes e 7,5 milhões de plantas em um terreno de 557 hectares.

Com previsão de conclusão em 2026, a Smart Forest City é inspirada nas cidades-floresta das civilizações maia e será completamente autossuficiente em termos de alimentos e energia. Em parceria com o escritório Transsolar Lima Engineering, serão implementadas soluções de eficiência energética, como painéis solares em todo o perímetro. Uma torre de dessalinização irá fornecer água tratada vinda do mar por meio de um sistema de canais usados para circulação e irrigação no cinturão externo dos campos agrícolas que circundam a área urbana. Também está prevista a construção de jardins aquáticos para combater inundações.

A projeto de urbanismo inclui telhados e fachadas verdes, parques públicos e jardins privados, que contribuirão para alcançar o equilíbrio entre a quantidade de áreas verdes e a pegada de construção. Dessa forma, a cidade absorverá 116 mil toneladas de dióxido de carbono com 5.800 toneladas de CO2 armazenadas por ano. A Smart Forest City ainda oferecerá um sistema de transporte com carros elétricos, barcos e lanchas aos moradores, que somente poderão acessar a área usando esses veículos.

A cidade inteligente tem o intuito de devolver à natureza uma grande área verde onde um distrito comercial seria construído. Os 400 hectares destinados terão 7,5 milhões de plantas de 400 espécies diferentes, cuidadosamente selecionadas pela botânica e arquiteta paisagista Laura Gatti. Do total, 260 mil serão árvores, contabilizando 2,3 árvores por habitante. Todo o lixo produzido será recuperado e reciclado e cada habitante terá a sua disposição 40 metros de superfície verde.

Com foco em inovação tecnológica e qualidade ambiental, a cidade eco inteligente também terá um centro de pesquisa avançada para hospedar departamentos de universidades de todo o mundo, organizações internacionais e empresas que lidam com questões de sustentabilidade e o futuro do planeta. Além disso, o "Vale do Silício latino-americano" acolherá pesquisadores e estudantes universitários do México e do mundo.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas