pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

06.02.20
|
RGE investirá R$ 7,1 milhões na iluminação pública de seis cidades do Rio Grande do Sul
Fonte: Procel Info - 06.02.2020
Rio Grande do Sul – A RGE oficializou, nesta semana, as entregas dos contratos para a execução do projeto de revitalização da iluminação pública de seis municípios do Vale do Taquari, aprovados na Chamada Pública de Projetos da RGE. Nos encontros, os analistas de Eficiência Energética da RGE entregaram dos contratos às prefeituras de Arroio do Meio, Estrela, Lajeado, Muçum, Roca Salves e Vespasiano Corrêa, que receberão o investimento da distribuidora.

Com um aporte de R$ 7,1 milhões por parte da RGE, o objetivo da ação é renovar a iluminação de ruas e avenidas das seis cidades em parceria com os municípios que aprovaram os projetos na Chamada Pública de Eficiência Energética da distribuidora. Ao todo, serão 4.416 lâmpadas de LED instaladas em diferentes pontos de iluminação pública dos municípios, gerando 2.797,7 MWh/ano de energia economizada e uma redução na demanda de ponta de 557,82 kW. A expectativa é que as ações de substituição das lâmpadas comecem já nos próximos meses.

Para a Consultora de Negócios da RGE no Vale do Taquari, Katiele Walendorff dos Santos, esta renovação na iluminação pública traz benefícios para toda a região. “Este investimento da RGE no Vale do Taquari representa um grande avanço na qualidade da iluminação pública. Além de os municípios contarem com uma iluminação mais moderna, que oferece, entre outras coisas, mais segurança à população, estima-se que com as novas lâmpadas a economia total passe dos R$ 2 milhões ao ano na soma dos seis municípios. Esse valor pode ser destinado a investimentos em outras áreas”, comenta Katiele.

Ao todo, os municípios irão aportar R$ 108 mil como contrapartida do projeto. Todos os demais custos ficam a cargo da RGE, que investirá o valor a fundo perdido, dentro do Programa de Eficiência Energética. A concessionária também é responsável por o todo o recolhimento das lâmpadas antigas e encaminhando para o descarte adequado.

*Com informações da RGE
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas