pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

13.05.20
|
Google.org e ICLEI escolhem Curitiba para novo projeto de sustentabilidade
Fonte: Procel Info - 12.05.2020
Paraná – Curitiba é uma das primeiras cidades da América Latina a integrar a iniciativa EIE Action Fund, parceria entre o Google.org e o ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade. O fundo tem o objetivo de apoiar organizações sem fins lucrativos em projetos para mitigação de mudanças climáticas, por meio da ferramenta Environmental Insights Explorer (EIE), com dados exclusivos do Google sobre emissões de gases de efeito estufa. Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, é a outra capital contemplada pelo projeto, que é implementado pelo ICLEI na Europa, América do Sul, México e Caribe.

O próximo passo é a abertura de uma seleção para escolha de duas organizações sem fins lucrativos em cada cidade para o desenvolvimento dos estudos. Para o secretário-executivo do ICLEI América do Sul, Rodrigo Perpétuo, é fundamental o envolvimento dessas entidades para fortalecer processos participativos e gerar soluções inovadoras nas cidades.

"Com este fundo, vamos apoiar duas organizações locais a usarem os dados gerados pela ferramenta EIE e impulsionar ações pelo clima. Curitiba é uma cidade que, por meio de sua participação no projeto Urban-LEDS, vem trilhando há alguns anos o caminho de desenvolvimento de baixo carbono e resiliente para fazer frente à mudança do clima e melhorar a qualidade de vida da sua população.”

O anúncio da escolha de Curitiba aconteceu no último dia 5 de maio. Para a candidatura, a cidade precisava seguir alguns pré-requisitos, como a assinatura do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia; ter o Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa 2018; o Plano de Ação Climática; um Grupo de Trabalho Sobre o Clima, entre outros. Ter na cidade organizações elegíveis e indicá-las também fazia parte do processo de escolha. Após a assinatura de cartas de apoio dos governos locais das cidades selecionadas, terá início a seleção de ao menos duas organizações sem fins lucrativos para acessar o EIE Action Fund.

A interface da EIE, lançada em 2018, exibe dados sobre emissões de gases do efeito estufa relacionadas a edifícios, emissões de transporte, dados de qualidade do ar e potencial solar na cobertura de edifícios, para ajudar a impulsionar a ação local pelo clima.

“Para o município será mais um grande ganho”, aponta a secretária do Meio Ambiente, Marilza Oliveira Dias. “Corremos sempre contra o tempo quando o assunto é o enfrentamento às mudanças climáticas, só podemos comemorar mais esse apoio do ICLEI e do Google.org no desenvolvimento de novas ações locais”, completa.

Energia renovável em expansão

Por meio do Curitiba Mais Energia, a capital paranaense está dando andamento à implantação de painéis solares. Desde junho de 2019, o telhado do Palácio 29 de Março, sede central da administração municipal, tem mais de 430 painéis para geração de energia. A operação foi financiada com recursos do Programa de Eficiência Energética da Copel, fiscalizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica.

A cidade vai ganhar, ainda, mais uma usina pública de energia em formato de pirâmide, no antigo aterro sanitário da Caximba, desativado em 2010, com painéis fotovoltaicos, e movida a biomassa, com capacidade de produção de 5 MW. A implantação e operação acontecerão em parceria entre a Prefeitura de Curitiba e a Copel, por meio de um Termo de Cooperação Técnica.

Também faz parte do programa a Central Geradora Hidrelétrica no Parque Barigui, doação da Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas (Abrapch), já em funcionamento, e uma estrutura semelhante a ser instalada na queda d´água do Parque São Lourenço, a ser licitada.

Além deste projeto, a implantação de usinas fotovoltaicas na Rodoviária de Curitiba e nos terminais de ônibus do Pinheirinho, Santa Cândida e Boqueirão também está sendo elaborada com o apoio da rede de cidades C40, da qual Curitiba faz parte.

*Com informações da Prefeitura de Curitiba
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas