pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

09.01.18
|
RGE investe R$ 2,7 milhões em ações de eficiência energética em Gravataí e Cachoeirinha
Fonte: RGE - 09.01.2018

Gravataí, 9 de janeiro de 2018 – Centenas de clientes da Rio Grande Energia (RGE) de Gravataí e Cachoeirinha foram contemplados com as ações do Programa de Eficiência Energética (PEE) da distribuidora em 2017. Foram investidos R$ 2,7 milhões nos dois municípios que serviram para a distribuição de lâmpadas de LED, instalação de chuveiros inteligentes nas residências e campanhas de regularização de ligações com problemas.

Em Gravataí, a RGE instalou 2.158 trocadores de calor - que substitui o chuveiro comum por um sistema inteligente de aquecimento da água, o que transforma um chuveiro comum em inteligente - em residências de clientes baixa renda, previamente mapeados pela distribuidora, com aporte de R$ 1,48 milhão. Os trocadores de calor são equipamentos que promovem o reaproveitamento da energia térmica. A RGE, então, substitui os chuveiros tradicionais das residências pelos novos chuveiros inteligentes, já equipados com o trocador.

O novo chuveiro possibilitará uma economia de até 50% no horário de pico, entre 19h e 20h. No momento do banho, a água da caixa ou da rede, por meio de conexões especiais, é conduzida até uma plataforma e passa por dentro do trocador de calor, necessitando de uma potência menor de energia para que se atinja a temperatura ideal da água. Em média, 35% da fatura dos clientes se deve ao consumo do chuveiro elétrico.

Em outra frente de atuação, também integrando o PEE, a RGE distribuiu 17.960 lâmpadas de LED aos clientes de Gravataí e Cachoeirinha, com investimento de R$ 579 mil. A ideia é substituir lâmpadas menos eficientes, como as fluorescentes, pelas de LED, que possuem vida útil próxima das 25 mil horas e são cerca de 90% mais econômicas que as antigas. Além de fazer a doação das novas lâmpadas, a RGE faz o recolhimento das unidades antigas e as encaminha para o descarte adequado. Durante as visitas, as famílias também recebem materiais explicativos sobre o tema Eficiência Energética e dicas sobre como utilizar a energia elétrica de forma mais adequada.

A RGE também promoveu, em Gravataí e Cachoeirinha, 277 regularizações de ligações elétricas que apresentavam irregularidades em 2017. A distribuidora faz um mapeamento sobre clientes que estejam em áreas regulares e de vulnerabilidade social perante a prefeitura e apresentem problemas na ligação de energia, como os populares gatos. A partir disso, a RGE oferece ao morador a possibilidade de se regularizar perante a concessionária. Em 2017, foram investidos R$ 637 mil na regularização desses clientes, incluindo a instalação do medidor de energia e do cabeamento da rede elétrica até a residência.

Segundo o Analista de Eficiência Energética da RGE, Odair Deters, as ações de eficiência energética se concretizam em economia prática na fatura de energia dos clientes, além de promover um uso mais consciente e seguro da energia. “O planejamento do Programa de Eficiência Energética da RGE visa atingir clientes que mais precisam, como os enquadrados na tarifa social. Eles são previamente mapeados, com a ajuda das prefeituras, e, a partir disso, colocamos em prática uma série de ações que possam se traduzir em uma conta de energia mais barata a eles”, comenta Deters.
 
Em toda sua área de concessão, a RGE investiu R$ 9,3 milhões no Programa de Eficiência Energética em 2017. As lâmpadas de LED foram distribuídas em mais 37 municípios, além de Gravataí e Cachoeirinha. Também houve campanhas de regularização das ligações em mais nove municípios. Em 2018, as ações do PEE continuarão, sempre buscando economia da fatura e uso mais consciente da energia.

Sobre o Programa de Eficiência Energética

Existente há 15 anos, o PEE-RGE é elaborado de acordo com as regulamentações do Programa de Eficiência energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Ele implanta ações como a substituição de equipamentos ineficientes, a doação de lâmpadas, a adequação da entrada de energia de consumidores irregulares, a educação para a utilização racional dos recursos naturais, além de diversas outras ações dentro dos projetos: RGE na Comunidade; RGE na Escola; RGE no Hospital; RGE na Indústria; RGE no Saneamento, RGE nos Prédios Públicos e Caravana RGE – Educando para a Eficiência. Com um investimento de R$ 134.634.707,00 em 65 projetos realizados ao longo do período, o resultado foi de uma demanda evitada de 81.478 kW e de energia conservada de 274.878 MWh/ano.

Sobre a RGE
A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica, em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 255 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do Estado.

A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² - 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior polo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado.

A RGE se orienta pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência para seus consumidores, sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006, a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.

Sobre a CPFL Energia
A CPFL Energia, há 105 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.283 MW, no final do terceiro trimestre de 2017.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE. Pelo 13° ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas