pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

24.06.20
|
Alcântara: Convênio vai desenvolver solução inovadora de fornecimento de energia por meio de tecnologia de Microrredes Inteligentes
Fonte: Defesa Aérea & Naval - 24.06.2020
Maranhão - O Comando da Aeronáutica (COMAER) assinou, nesta terça-feira (23), um convênio com a Equatorial Energia, empresa de distribuição de energia elétrica do Maranhão (MA).

O objetivo é desenvolver uma solução inovadora de fornecimento de energia, por meio de tecnologia de Microrredes Inteligentes (geração fotovoltaica e armazenadores de energia), que possam aumentar a confiabilidade, qualidade e robustez nos processos críticos do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), mesmo em caso de falha no suprimento de energia da rede.

O projeto está inserido no planejamento do Comitê de Desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro e no Programa de Eficiência Energética do COMAER.

O ato de assinatura aconteceu por videoconferência, respeitando as normas do Ministério da Saúde em razão da pandemia do novo coronavírus, e contou com a participação do Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, Major Brigadeiro do Ar Sérgio Roberto de Almeida; do Chefe da Quarta Subchefia do EMAER, Brigadeiro Engenheiro Eliezer de Freitas Cabral; do Diretor do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), Brigadeiro Engenheiro César Demétrio Santos; do Assessor do Ministério da Defesa, Brigadeiro do Ar Rogério Luiz Veríssimo Cruz; do Diretor do CLA, Coronel Aviador Marcello Correa de Souza; do Presidente da Equatorial Energia, Augusto Dantas Borges; do Diretor Corporativos de Serviços, Mauricio Velloso Ferreira; e do Professor da Universidade Federal do Maranhão, Doutor Luiz Antonio Ribeiro.

O Vice-Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica destacou, durante o evento, o valor estratégico do projeto de Alcântara. “A Força Aérea, hoje, dá um importante passo no desenvolvimento dos projetos espaciais, alinhados com as políticas públicas de desenvolvimento do país”, salientou o Major-Brigadeiro Almeida.

O Chefe da Quarta Subchefia do EMAER, responsável pelo Programa de Eficiência Energética no Comando da Aeronáutica, ressaltou a singularidade do convênio firmado. “O trabalho que será desenvolvido em Alcântara extrapola a melhoria de eficiência energética da planta, pois o resultado permitirá um aumento na confiabilidade das cargas de um processo crítico”, explicou o Brigadeiro Eliezer.

Para o Presidente da Equatorial Energia, Augusto Dantas Borges, a expectativa é de que os resultados sejam melhores do que os planejados. “Estamos com uma equipe dedicada ao trabalho e esperamos ser referência não somente para o Brasil, mas para todo o mundo. Estamos felizes com essa parceria junto ao Ministério da Defesa e à Força Aérea, por intermédio do Centro de Lançamento, por permitirem a implantação de um sistema com padrão internacional de qualidade”, ressaltou.

Parceria entre FAB e Equatorial Energia

A parceria faz parte das atividades do Programa de Eficiência Energética do COMAER (PEE) para o desenvolvimento de projetos sustentáveis.

Além disso, está alinhada com a Diretriz de Gestão de Energia do Comando da Aeronáutica, na redução de custos com energia elétrica, pela melhoria da eficiência dos equipamentos das Organizações Militares e geração de energia renovável. E, ainda, faz parte do planejamento de implementação de políticas públicas e do plano de consolidação no Centro Espacial de Alcântara, do Comitê de Desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro.

Os recursos financeiros que serão aplicados no projeto são oriundos do Programa de Eficiência Energética, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que prevê às distribuidoras de energia a aplicação de 0,5% da receita operacional líquida em programas de pesquisa e desenvolvimento.

O projeto tem previsão de desenvolvimento em dois anos e estarão envolvidos militares do Centro de Lançamento de Alcântara, experientes profissionais da Equatorial Energia do Maranhão, da Schneider Eletric e representantes da Universidade Federal do Maranhão.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas