pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

28.09.20
|
Iluminação em LED: uma carta na manga para garantir assertividade em processos logísticos
Fonte: Segs - 28.09.2020
Bahia – O mercado de varejo é o que mais investe em espaços e tecnologias para compor Centros de Distribuição mais estruturados. Segundo dados de 2019 da empresa CBRE, uma das principais consultorias internacionais especializadas no segmento, o Brasil conta atualmente com 1,4 milhão de m² de condomínios logísticos construídos por ano, um total médio de 625 galpões em todo o território nacional.

A demanda é grande e o uso de galpões tem se popularizado nos últimos anos, principalmente com o aumento do comércio eletrônico. Entretanto, os espaços destinados ao armazenamento e logística de produtos requerem atenção redobrada, principalmente nos quesitos que englobam segurança e organização. Para garantir esses pontos, um dos primeiros e principais itens a serem levados em consideração na hora do checklist são os sistemas de iluminação.

Estruturar um centro de distribuição com um sistema de luminosidade eficiente, de fácil operação e inteligente, possibilita a assertividade e ganhos em muitas operações que acontecem nesses ambientes. Afinal, quanto mais fácil for o acesso e a visibilidade do que é armazenado e as suas identificações, maior será a qualidade e rapidez nos processos logísticos - requisitos básicos para uma operação de ponta.

A consolidada tecnologia de iluminação em LED é a mais indicada para ser utilizada em centros de distribuição, seja na área interna ou externa. Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), as lâmpadas e luminárias desse tipo quase não perdem o fluxo luminoso durante o seu período de uso, ao contrário dos produtos com lâmpadas fluorescentes, que podem chegar ao fim da vida útil com apenas 16% do fluxo luminoso inicial. A pesquisa também revela que o tempo de vida útil do LED atinge em média 70 mil horas, sendo que se utilizadas durante oito horas por dia, podem durar aproximadamente 24 anos.

Em comparação com as tecnologias tradicionais, os equipamentos em LED apresentam também baixo risco de manuseio, pois não possuem partes vivas/energizadas ao acesso dos usuários (como é o caso das lâmpadas) e exigem quase nenhuma manutenção. Em relação à sua eficiência, essa também leva vantagem, uma vez que converte quase toda a energia elétrica consumida em luz, dissipando muito pouco calor no ambiente, além de não emitir raios ultravioleta ou infravermelho. Essas vantagens só reforçam como é possível garantir o bem-estar e a segurança dos colaboradores, além de um aumento na produtividade dos estabelecimentos.

A implementação da iluminação em LED ajuda diretamente a reduzir o impacto e o risco ambiental, pois não contêm elementos poluentes e contaminantes (como o mercúrio e o chumbo que são presentes nas lâmpadas convencionais) e ainda promove uma economia no consumo de energia elétrica de até 90%. Com tantos benefícios, entre ter uma vida útil longa, emitir uma luz direcionada, redução de material descartado e ter alta tecnologia que não aquece o ambiente, a utilização do LED nos centros de distribuição já se tornou tendência e deve ser aproveitada sem ressalvas por essa parcela do mercado.

Se pararmos para avaliar, a economia e eficácia que a iluminação em LED proporciona vai muito além da redução de custos. O sistema é uma solução energética eficiente e se tornou indispensável para quem atua no setor logístico, corroborando com os processos do dia a dia e os mais altos níveis de certificações para projetos sustentáveis.

E você, já pensou em como deixar seu centro de distribuição mais econômico?

*Por Rodrigo Travi , CEO e Diretor Comercial da LEDAX. É um empreendedor serial e formado em Engenharia Elétrica e Eletrônica pela Universidade Federal da Bahia

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas