pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

31.07.19
|
Senai prevê formar mais de 20 mil alunos em renováveis
Fonte: Brasil Energia - 30.07.2019
Rio de Janeiro - O Senai prevê um salto na formação de profissionais em seus cursos na área de energias renováveis neste ano. Em 2018, foram formadas 3.552 pessoas nesses cursos. Para 2019, a expectativa é formar mais de 20 mil pessoas, segundo informa o gerente executivo de educação do Senai nacional, Felipe Morgado.

“A maior parte das pessoas que procuram esses cursos estão buscando oportunidade de emprego no setor de energias renováveis, que está crescendo”, afirma Morgado. De fato, a expectativa da Absolar é que mais de 600 mil empregos sejam criados no Brasil até 2035, só no segmento de geração solar distribuída, caso a regulação atual seja mantida.

Os cursos de energias renováveis oferecidos pelo Senai, em parceria com a Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), são focados em energia eólica, solar e solar térmica. Estão disponíveis em 36 municípios do país, nos estados de Goiás, Distrito Federal, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará e Maranhão. Até 2020, a instituição pretende ampliar a oferta desses cursos para mais 15 unidades no país.

Dos alunos formados em 2017, 70% já estavam trabalhando na área em 2018, segundo levantamento realizado pelo próprio Senai. Para Morgado, é sinal de que um número alto de pessoas consegue emprego em até um ano após a conclusão do curso.

Os cursos são divididos em três categorias. A primeira delas compreende os chamados cursos de qualificação profissional, em que são formados instaladores de sistemas fotovoltaicos, por exemplo. A carga horária mínima dos cursos dessa categoria é de 160 horas, sendo exigido ensino médio completo ou em andamento.

A segunda categoria corresponde aos cursos de aperfeiçoamento profissional, voltado para profissionais que já possuem alguma formação e já atuam na área de energia, e querem se aperfeiçoar em renováveis. Esses cursos são mais curtos, tendo em média 60 horas.

Já a terceira categoria, para pessoas que possuem nível superior ou técnico, abrange os cursos de especialização; em sistemas fotovoltaicos, por exemplo. Têm duração média de 300 horas, podendo chegar a 1.200 horas, como é o caso do técnico em sistemas de energias renováveis.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas