pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

27.04.20
|
Unidades da CDHU têm redução na conta de luz em até 70%
Fonte: Portal Solar - 24.04.2020
São Paulo – Estudos desenvolvidos sobre o perfil do consumo de energia elétrica em conjuntos habitacionais da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) mostraram que o consumo médio é de 140 kWh por mês. Com o uso das placas fotovoltaicas instaladas nas unidades, a capacidade de geração, numa média mensal, é de 80 kWh. A economia é potencializada com o uso de lâmpadas LED, que são instaladas antes da entrega das moradias, proporcionando uma diminuição de 10kWh no consumo. Dessa forma, chega-se a um consumo médio de 50 kWh por mês.

Este índice fica dentro da faixa de cobrança mínima de tarifa de energia elétrica, que corresponde a 50 kW/h mês. “Isso muda o dia a dia e reflete na economia financeira do proprietário. Mesmo que haja um pequeno aumento do consumo, ainda assim, a economia é significativa”, explica Sílvio Vasconcellos, superintendente técnico administrativo da CDHU.

Levando-se em consideração a tarifa média cobrada pela CPFL, a concessionária que atende a maioria dos empreendimentos da CDHU, uma conta de 140 kW/h por mês, que corresponde a R$ 92,01, cai para R$ 27,47 se a média de 50 kW/h por mês for atingida. Ou seja, a economia chega até 70%.

Portanto, nota-se também que o uso de placas fotovoltaicas implantadas nos conjuntos habitacionais de casas do sistema CDHU contribuem para a economia de energia elétrica e permitem aos moradores gastarem menos com a conta de luz, mesmo diante do aumento da frequência dentro de casa, em virtude da pandemia de coronavírus.

O processo é igual à uma instalação em empresas. O gerador instalado nas casas da CDHU é composto por duas placas fotovoltaicas, homologadas pelo Inmetro, com tecnologia de Silício Policristalino, a mais recente do mercado. O medidor bidirecional, instalado pela concessionária, mede a energia injetada na rede e o consumo geral da residência. O excedente é transferido para a rede de fornecimento da distribuidora, sendo abatido esse valor da conta de energia da casa automaticamente. Ou seja, o sistema não depende do usuário para ser bem aproveitado.

O benefício tem deixado a população feliz. É o que demonstra Adauto Antônio da Silva, morador de um conjunto habitacional da CDHU na cidade de Pratânia, região de Sorocaba. Ele morava em uma casa alugada e gastava cerca de R$ 140 por mês com a conta de energia elétrica. Desde dezembro do ano passado, quando se mudou com a família para a casa nova, tem pago aproximadamente R$ 45. “É uma vantagem boa. Com a economia, estou investindo na ampliação do muro e na compra do portão”, conta.

A tecnologia de energia solar é usada desde 2018, quando todas os novos projetos de casas da CDHU passaram a contar com sistema fotovoltaico. Em 2019, foram entregues 18 empreendimentos, totalizando 1.451 unidades habitacionais com o equipamento. Em 2020, já foram entregues 1.172 unidades habitacionais, nos municípios de Águas de Santa Barbara, Tarumã, Dois Córregos, Bragança Paulista, São Manuel, Pratânia, Areiópolis, Ibaté e Botucatu. Estão previstos outros 92 empreendimentos, que correspondem a 7.886 unidades habitacionais, já em construção.

“Esse é mais um recurso tecnológico que permite economia para as famílias que necessitam de apoio. O sistema fotovoltaico se torna ainda mais importante diante do atual momento de crise”, explica o secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary.

Outra vantagem econômica está no custo da implementação do sistema. Em 2019, ele custava R$ 4.095,00 por residência. Atualmente, é inferior a R$ 3.000,00, o que se deve à popularização da tecnologia pela CDHU.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas