pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

26.09.19
|
TYR Energia quer levar eficiência energética e ACL para condomínios
Fonte: Canal Energia - 25.09.2019
Rio de Janeiro - Criada a partir de parceria entre a Mercurio Comercializadora e a GreenAnt, a TYR Energia é uma Start Up para redução de custos e eficiência energética em condomínios corporativos ou comerciais. A empresa agrega cargas e faz com que o cliente saia do ambiente cativo e vá para o livre, propiciando a redução de 10% a 20% nos custos com energia. Ela instala um medidor inteligente que analisa a viabilidade técnica e econômica do condomínio, monitorando o consumo de energia. De acordo com o CEO da Mercurio Partners, Alexandre Americano, a aposta na empresa vem no movimento futuro do setor, que será baseado na digitalização. “Temos que olhar para a frente”, afirma.

Idealizado por Pedro Bittencourt e Thiago Holzmeister, a GreenAnt desenvolveu um algoritmo que lê correntes elétricas. O projeto foi o vencedor do Prêmio EDP Inovação de 2016. O medidor feito por ela lê as correntes que passam e enviam as informações para a nuvem. Lá o algoritmo consegue entender todo o perfil energético do cliente, dando inteligência ao seu consumo. O foco hoje é nos edifícios, por terem um perfil mais adequado ao negócio e terem os maiores consumos. “Há muita gente que é intensiva em consumo e que não tem nenhum tipo de inteligência para melhorar esse custo”, aponta. Há a possibilidade de se acompanhar o consumo, monitorando o gasto e fazendo comparações.

A TYR faz um processo de migração de todas as unidades do condomínio em apenas uma para o ambiente livre especial. Aí a comercializadora da Mercurio compra energia incentivada para a unidade. “Nesse formato, garantimos que ele vai consumir energia renovável”, explica Americano. O nicho de prédios comerciais é estratégico. No Rio de Janeiro, poucos prédios fazem parte do ACL e a grande maioria é energeticamente ineficiente. Empreendimentos mais antigos em bairros como Copacabana, Barra e Leblon estão no alvo, “Qualquer conta agregada a partir de R$ 80 mil a R$ 100 mil fazem sentido para a gente”, observa.

Comercializadora – Embora a comercializadora da Mercurio seja nova, Americano aprova a adoção do preço horário e vê como consequência positivo o desenvolvimento de outros negócios, que segundo o executivo, em mercado mais maduros já existe. “A própria prestação de serviços ancilares na geração térmica, quando eu tenho um sinal horário é fantástico, posso atender pico de três da tarde às oito da noite, passar o resto do dia desligado e com IoT, posso fazer manutenção em horário com preço mais baixo”, avisa. Para ele, os profissionais de middle e front desk deverão estar mais atentos para bons negócios.

A Mercurio Comercializadora tem três áreas de negócios. Uma é fazer operações estruturadas para geradores térmicos. Muitos geradores térmicos não são oriundos do setor e é aí que ela entra. O segundo é o trading tradicional, com compra e venda da energia e o terceiro é comprar energia para a TYR. “Apesar de termos um carimbo de energia térmica também olhamos outras fontes”, salienta.

Esta notícia não é de autoria do Procel Info, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original, exceto no caso de notícias que tenham necessidade de transcrição ou tradução, visto que se trata de uma versão resumida pelo Procel Info. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.
  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas