pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Notícias
Notícias
voltar

11.01.18
|
RGE investe R$ 2,48 milhões no Projeto Aprendiz Energético, para formação de jovens em Caxias do Sul
Fonte: RGE - 11.01.2018

Caxias do Sul, 10 de janeiro de 2017 – Capacitar os jovens para que usem a energia elétrica de maneira mais consciente e eficiente e possam colaborar, em casa e na escola, com ações para um consumo mais eficaz e barato da energia. Estes são os principais propósitos do Projeto Aprendiz Energético, desenvolvido em 2017 pela Rio Grande Energia (RGE) em Caxias do Sul.
 
Foram selecionados 1.077 alunos do segundo ano do ensino médio de 22 escolas caxienses, sendo 19 públicas e três privadas, além de 150 professores e diretores das escolas envolvidas. As atividades, que sempre ocorreram no turno inverso ao da aula, envolviam não só a capacitação sobre os conceitos de eficiência energética, mas propostas para que os alunos pensassem em ações concretas a fim de melhor usar a energia elétrica disponível.

Inicialmente, o aluno deveria pensar em práticas de eficiência energética que pudessem ser concretizadas em sua casa. Depois, na escola e, por último, em uma empresa. O contato com o mundo empresarial serve, também, para o encaminhamento dos jovens ao mercado de trabalho através de parceria da RGE com empresas do município. Ao todo, 15 empresas ofertaram vagas de emprego aos jovens participantes do Aprendiz Energético e mais de 500 alunos foram encaminhados ao mercado. Diversos alunos também tiveram a oportunidade de confeccionar, pelo projeto, a sua carteira de trabalho.

A capacitação em si foi composta por 15 disciplinas obrigatórias, entre elas: Consumo de energia elétrica em residências, Consumo de água em residências, Riscos da eletricidade e da água e Consumo eficiente de energia elétrica em escolas. O curso durou dez meses e teve aulas presenciais ministradas por profissionais técnicos que atuaram exclusivamente no projeto, além de aulas na modalidade EAD, com textos, vídeos e infográficos disponibilizados pela RGE. Uma unidade móvel da distribuidora, com computadores e técnicos, ainda percorria as escolas e um laboratório foi disponibilizado no Centro de Caxias do Sul, auxiliando os alunos durante todo o dia.

As escolas, por meio de um sistema totalmente digital, tinham acesso em tempo real à frequência e ao desempenho dos alunos no projeto. Todo o material didático foi fornecido pela RGE e, no momento do desenvolvimento dos projetos, técnicos da distribuidora auxiliaram os jovens em campo. As iniciativas postas em prática, a partir do Projeto Aprendiz Energético, já se traduziram em 10% de diminuição do consumo de energia elétrica nas escolas participantes e 5%, em média, nas residências dos alunos.

O investimento da RGE no Projeto Aprendiz Energético foi de R$ 2,48 milhões em 2017. Segundo o coordenador do Programa de Eficiência Energética da distribuidora, Odair Deters, o propósito é levar conhecimento aos jovens sobre o consumo de energia e instigá-los a pensar formas de se ter um consumo mais eficiente. “Tanto as aulas teóricas, quanto a elaboração dos projetos práticos, servem como base para que os alunos do projeto possam disseminar as ideias de consumo consciente de energia. A RGE entende que ações como essa são muito importantes e, com a finalização desta edição do projeto, saímos com a certeza de que a educação pode transformar muitas realidades”, ressalta Deters.

No dia 19 de dezembro, os participantes do curso tiveram uma cerimônia de encerramento, na qual foram premiados os melhores alunos. Os três que mais se destacaram, junto a seus professores, receberam um iPhone cada e a escola vencedora ganhou um laboratório de informática.
 
Sobre o Programa de Eficiência Energética
 
Existente há 15 anos, o PEE-RGE é elaborado de acordo com as regulamentações do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Ele implanta ações como a substituição de equipamentos ineficientes, a doação de lâmpadas, a adequação da entrada de energia de consumidores irregulares, a educação para a utilização racional dos recursos naturais, além de diversas outras ações dentro dos projetos: RGE na Comunidade; RGE na Escola; RGE no Hospital; RGE na Indústria; RGE no Saneamento, RGE nos Prédios Públicos e Caravana RGE – Educando para a Eficiência. Com um investimento de R$ 134.634.707,00 em 65 projetos realizados ao longo do período, o resultado foi de uma demanda evitada de 81.478 kW e de energia conservada de 274.878 MWh/ano.
 
Sobre a RGE
 
A Rio Grande Energia (RGE) é a distribuidora de energia elétrica da região norte-nordeste do Estado do Rio Grande do Sul. Originada do modelo de concessão pública para distribuição de energia elétrica em 21 de outubro de 1997, a empresa atende 255 municípios gaúchos, o que representa 54% do total de municípios do Estado.
 
A área de cobertura da RGE divide-se em duas grandes regionais: a Centro, com sede em Passo Fundo, e a Leste, com sede em Caxias do Sul. São 90.718 km² - 34% do território do Estado. Agrupadas, essas regiões apresentam um dos melhores índices sociais e econômicos do Brasil e também são as responsáveis pelo maior polo agrícola, pecuário, industrial e turístico do estado.
 
A RGE se orienta pela Gestão de Qualidade Total para atingir, cada vez mais, altos níveis de eficiência para seus consumidores sendo parceira dos municípios gaúchos no desenvolvimento econômico do RS dentro de sua área de concessão. Desde 2006 a RGE passou a fazer parte integralmente do grupo CPFL Energia, o maior grupo privado do setor elétrico brasileiro.
 
Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 105 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas
a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.258 MW, no final do primeiro trimestre de 2017.
 
A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice Dow Jones Sustainability Index EmergingMarkets. Pelo 12º. ano consecutivo, as ações da companhia integram a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

  
Veja aqui a lista completa
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas