pixel
 
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Selo Procel Edificações
Selo Procel Edificações

Encontre aqui as informações relacionadas ao Selo Procel Edificações.

Caso tenha dúvidas, clique aqui e acesse as perguntas mais frequentes. Havendo necessidade, envie um e-mail para o procel.edifica@eletrobras.com.

Imagem para contabilização de acessos a páginas
Selo Procel Edificações

Conheça as edificações contempladas com o Selo.

Clique aqui e saiba mais sobre o Procel Edifica.

Clique aqui para informações sobre Etiquetagem em Edificações.

Veja aqui o vídeo de lançamento do Selo.
Visualize em baixa resolução
Visualize em HD
Imagem para contabilização de acessos a páginas

O Selo Procel Edificações, estabelecido em novembro de 2014, é um instrumento de adesão voluntária que tem por objetivo principal identificar as edificações que apresentem as melhores classificações de eficiência energética em uma dada categoria, motivando o mercado consumidor a adquirir e utilizar imóveis mais eficientes. Este é um setor de extrema importância no mercado de energia elétrica, representando cerca de 50% do consumo de eletricidade do País.

Para obter o Selo Procel Edificações, recomenda-se que a edificação seja concebida de forma eficiente desde a etapa de projeto, ocasião em que é possível obter melhores resultados com menores investimentos, podendo chegar a 50% de economia. A metodologia de avaliação da conformidade está descrita no Regulamento para Concessão do Selo Procel de Economia de Energia para Edificações, bem como nos Critérios Técnicos específicos e baseiam-se no Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética em Edifícios Comerciais, de Serviços e Públicos (RTQ-C) e no Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética em Edificações Residenciais (RTQ-R) do Programa Brasileiro de Edificações – PBE Edifica. Para mais informações sobre o PBE Edifica clique aqui.

Nos edifícios comerciais, de serviços e públicos são avaliados três sistemas: envoltória, iluminação e condicionamento de ar. Nas Unidades Habitacionais são avaliados: a envoltória e o sistema de aquecimento de água.

O Selo Procel Edificações é outorgado tanto na etapa de projeto, válido até a finalização da obra, quanto na etapa da edificação construída. Os modelos e as formas de aplicação do Selo estão descritas no Manual de Identidade Visual do Selo Procel Edificações.

Os Selos são emitidos pela Eletrobras após a avaliação realizada por um Organismo de Inspeção Acreditado (OIA) pelo Inmetro, com escopo de Eficiência Energética em Edificações - OIA-EEE. Veja a lista com todos os Organismos Acreditados aqui. Veja no link os selos já emitidos.

O Procel Edifica disponibiliza uma Lista de laboratórios.xls, distribuídos por todas as regiões geográficas brasileiras, que foram financiados e capacitados pela Eletrobras e possuem consultores especialistas em Eficiência Energética em Edificações.

O Selo Procel Edificações pode ser utilizado como caminho alternativo para a comprovação do atendimento ao pré-requisito de desempenho energético mínimo no processo de obtenção da certificação internacional de construções sustentáveis LEED - Leadership in Energy and Environmental Design, desenvolvida pela ONG americana U.S. Green Building Council e concedida no país pelo Green Building Council Brasil. O critério de equivalência é válido para edificações comerciais, públicas e de serviços localizadas em todo o território nacional, exceto as destinadas à assistência médica, data centers, instalações industriais, armazéns e laboratórios. O selo LEED está presente em cerca de 150 países e o Brasil é um dos que possuem mais solicitações para certificação. Os projetos registrados no país podem utilizar o Selo Procel Edificações para comprovar a conformidade com as exigências do pré-requisito EAp2, da dimensão de Energia e Atmosfera, uma das sete dimensões avaliadas antes da outorga do certificado internacional, eliminando uma etapa e contribuindo para acelerar e facilitar o processo.

A Etiquetagem de Edificações - PBE Edifica - é utilizada como referência, pela Certificação AQUA, para avaliação das edificações residenciais e não residenciais, onde é possível utilizar critérios do PBE Edifica para avaliação AQUA. O processo AQUA é uma certificação internacional da construção sustentável desenvolvida a partir da certificação francesa Démarche HQE (Haute Qualité Environmentale) e aplicada no Brasil exclusivamente pela Fundação Vanzolini. Os regulamentos RTQ-R e RTQ-C são utilizados como parâmetro para alguns requisitos a serem atendidos para os níveis de eficiência energética de edificações do AQUA conforme cada tipologia avaliada. Para os edifícios residenciais há equivalência nas categorias “Gestão de Energia”, “Conforto Higrotérmico” e “Qualidade sanitária do ar”. Já para as edificações comerciais, de serviços e públicas, a equivalência pode ser encontrada nas categorias “Gestão de Energia” e “Conforto Higrotérmico.


Publicações técnicas relacionadas ao Selo Procel Edificações


» Regulamento Selo Procel Edificações

» Critérios técnicos para o Selo Procel Edificações Comerciais

» Manual de Identidade Visual do Selo Procel Edificações

Publicações Técnicas relacionadas à Etiquetagem em edifícios

» RTQ-C
- Requisitos Técnicos da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética em Edifícios Comerciais, de Serviços e Públicos
- Diretrizes para obtenção de classificação nível A para edificações comerciais, de serviço e públicas - Zonas Bioclimáticas
- Manual para aplicação do RTQ-C
- Determinação do nível de eficiência energética de um edifício exemplo utilizando RTQ-C
- Diretrizes Gerais para promover a Etiquetagem PBE edifica em edificações públicas através de retrofit
- RTQ-C - Portaria complementar 126-2014 - Aplicação em estádios
- Manual para Etiquetagem de Edificações Públicas para o Gestor Público


» RTQ-R
- Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética em Edificações Residenciais

- Diretrizes para obtenção de classificação nível A para edificações residenciais - Zonas Bioclimáticas
  Manual A ZB1
  Manual A ZB2
  Manual A ZB3
  Manual A ZB4
  Manual A ZB5
  Manual A ZB6
  Manual A ZB7
  Manual A ZB8

- Diretrizes para obtenção da classificação nível A para Áreas de Uso Comum
- Planilha de cálculo do desempenho da UH
- Manual de uso da planilha de cálculo do desempenho da UH
- Determinação do nível de eficiência energética de um edifício exemplo utilizando o RTQ-R
- Guia de eficiência energética em edificações: sistemas de aquecimento de água
- Anexo 1 RTQ-R
- Tabelas Método Simulação
- Manual para aplicação do RTQ-R


» RAC
- Requisitos de Avaliação da Conformidade para Eficiência Energética de Edificações

- Manuais para aplicação do RAC
  Manual para aplicação do RAC Residencial
  Manual para aplicação do RAC Comercial, de Serviço e Público


» NOTAS TÉCNICAS
- Nota Técnica 01: Sombrear ou não sombrear janelas RTQ-R
- Nota Técnica 02: A influência da área de ventilação no desempenho térmico de edificações residenciais RTQ-R
- Nota Técnica 03: Ambientes de permanência prolongada com piscina sobre cobertura RTQ-R
- Nota Técnica 04: Avaliação de desempenho térmico pela norma NBR 15575 em consulta pública em 2012 RTQ-R
- Nota Técnica 05: Alteração da Zona Bioclimática de Maringá/PR determinada pela NBR15220-3 RTQ-R
- Nota Técnica 06: Correção nas equações referentes aos ângulos mínimos limites para somb igual a 0,2 (Portaria 18, página 37) RTQ-R
- Nota Técnica 07: Etiquetagem de edificações comerciais, de serviços e públicas em blocos RTQ-C
- Nota Técnica 08: Inclusão de exceções ao item 5.4.2.4 do RTQ-C
- Nota Técnica 09: Consideração sobre absortância de coberturas com aplicação de teto jardim e Telhas Cerâmicas. Consideração sobre absortância de coberturas com aplicação de teto jardim e Telhas Cerâmicas. RTQ-C
- Nota Técnica 10: Consideração para ambientes de permanência prolongada não condicionados com geração de calor e/ou frio RTQ-C
- Nota Técnica 11: Consideração dos pré-requisitos específicos de iluminação e condicionamento de ar na avaliação pelo método de simulação RTQ-C
- Nota Técnica 12: Comprovação da eficiência energética de equipamentos de condicionamento de ar etiquetados pelo Inmetro durante a etapa de inspeção – edificações comerciais, de serviços e públicas RTQ-C
- Nota Técnica 13: Capítulo 5. Sistema de Condicionamento de Ar do RTQ-C
- Nota Técnica 14: Aquecimento de água através de caldeiras a gás RTQ-C
- Nota Técnica 15: Uso de vidros serigrafados em vedações externas RTQ-C
- Nota Técnica 16: Consideração do percentual de abertura zenital - Método de simulação RTQ-C


Downloads

» Cartilha PBE Edifica (.PDF)
» Instrução Normativa SLTI n.º 2/2014 - 1ª página (.PDF)
» Instrução Normativa SLTI n.º 2/2014 - 2ª página (.PDF)

» Guias Procel Edifica:
- Acústica arquitetônica
- Clima urbano
- Desempenho térmico
- Equipamentos
- Iluminação
- Ventilação natural
- Sustentabilidade


» Outras publicações:
- Eficiência energética na arquitetura
- Elaboração e atualização do código de obras e edificações
- Planejamento e controle ambiental-urbano e a eficiência energética

Imagem para contabilização de acessos a páginas
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas