pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Reportagens
Reportagens
voltar

Assunto: Panorama Nacional
16.12.19
|
Para o Rio Brilhar
Rio de Janeiro – Responsável pela Árvore do Rio deste ano, distribuidora Light está promovendo uma série de atrações na Lagoa Rodrigo de Freitas, buscando conscientizar os visitantes sobre a importância da sustentabilidade e do uso racional de energia
Divulgação
Débora Anibolete, para o Procel Info
Rio de Janeiro – No último sábado (14), foi realizada na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, a festa de inauguração da tradicional Árvore do Rio. Montada pela primeira vez em 1996, a árvore flutuante é considerada um símbolo do Natal na cidade e o terceiro maior evento do calendário oficial do Rio, ficando atrás apenas do Carnaval e do Réveillon. A atração deste ano, que vai ficar instalada no local até o dia 6 de janeiro, conta com uma estrutura de mais de 70 metros – altura equivalente a um prédio de 24 andares – sendo composta por 900 mil lâmpadas, que expõem diferentes iluminações cenográficas. Para promover o evento, foram investidos mais de R$ 13 mil, sendo a maior parte disponibilizada pela concessionária de energia elétrica Light por meio da Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro.

A viabilização da atração neste ano foi anunciada há cerca de um mês, após o acerto entre o Governo do Estado do Rio e a Light. Dessa forma, a Árvore precisou ser montada em tempo recorde e sua inauguração ocorreu de forma tardia, se comparado aos anos anteriores. De acordo com o gerente do Instituto Light, ao decidir participar do projeto, a distribuidora considerou que, além ser uma atração turística para moradores da cidade e de fora, a Árvore fomenta a economia do Rio nesta época do ano. Segundo levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), só no ano passado, foram gerados aproximadamente 4 mil empregos, o que representa um impacto econômico de cerca de R$ 190 milhões.

“Foi um desafio para todos os envolvidos no projeto, mas foi um desafio extremamente gratificante. Da parte da Light, nós entendemos como uma contribuição, como um presente para o Rio de Janeiro. A árvore é o terceiro maior evento do Rio, depois do Réveillon e do Carnaval e, apesar de ficar na Zona Sul, na Lagoa, ela é um ponto, um ícone que atrai pessoas de todas as localidades da cidade, seja da região do interior, da Baixada Fluminense, da Zona Norte, da Zona Oeste, inclusive de fora. Então, a Light quis presentear a cidade, contribuir com o desenvolvimento econômico e social do Rio, porque a Árvore gera uma grande quantidade de empregos, aquece a economia do Rio”, afirma Luís Felipe, destacando que o projeto da Árvore foi realizado pelas empresas Dream Factory e Backstage.

Patrocinando pela primeira vez o evento, a Light decidiu promover também atividades paralelas no local, por onde, segundo estimativas da distribuidora, devem passar mais 400 mil visitantes. Na programação, estão projetos já realizados pela Light, além de outras atrações pensadas especialmente para a ocasião. A intenção da empresa é aproveitar o grande público da atração para disseminar informações sobre conceitos como o uso racional de recursos e sustentabilidade.
Montada em tempo recorde, Árvore de Natal possiu altura equivamente a um prédio de 24 andares

“A árvore de Natal atrai todo mundo. Então, como um dos papéis da Comunicação da Light é tangibilizar a energia elétrica e falar do consumo consciente, eficiente, do conforto sem desperdício, da segurança com a rede elétrica, a gente sempre busca mapear esse público e levar produtos que nós já temos, que nós fazemos durante o ano, e vamos fazer essa concentração em um lugar que vai ter um público grande. Essa é uma forma de potencializar a nossa relação com o público, de uma forma inteligente, que faz sentido”, destaca o gerente do Instituto Light e Centro Cultural Light, Luís Felipe Amaral.

Espaço Experiência

Durante os dias de evento, o público que for visitar a Árvore do Rio pode conferir as outras quatro atrações promovidas pela Light. Para tanto, foi montado um estande no Parque Cantagalo, chamado pela empresa de Espaço Experiência Light. Uma das principais atrações do local é a estrutura Luzes do Rio, um globo luminoso em forma de lâmpada gigante, onde estão instaladas quatro bicicletas, duas de tamanho adulto e duas infantis. O globo é aceso quando as bicicletas estão em uso, e sua iluminação de LED vai aumentando proporcionalmente ao esforço empregado nas pedaladas. Quando acesa, a estrutura mostra uma ilustração com pontos icônicos da cidade. O gerente do Instituto Light explica que a estrutura foi pensada para mostrar ao público que a geração de energia exige esforço e, por isso, é preciso preservar este recurso.

“É uma oportunidade de mostrar que a energia não é uma coisa mágica, que por trás de toda essa luz existe um esforço, e, portanto, a energia deve ser sempre consumida de forma eficiente. A gente primeiro tangibiliza que existe uma dinâmica para a energia existir, e, portanto, se existe essa dinâmica, a gente precisa consumir de forma eficiente porque é um recurso natural”, explica Luís Felipe Amaral.

No espaço, a distribuidora também está promovendo apresentações do espetáculo infanto-juvenil Quanta Energia. A atração é realizada por dois atores, que, representando cientistas, ensinam sobre conceitos de energia elétrica, como a forma como ela é gerada e sobre como evitar o desperdício. Além das apresentações, o Quanta Energia conta ainda com estruturas educativas, como maquetes de usinas hidroelétricas e o gerador de Van der Graaff.
Árvore do Rio é uma das estratégias da Light para potencializar a comunicação com o público sobre os serviços oferecidos pela empresa

Outro projeto já realizado pela Light e que está disponível na Lagoa é o ecoponto Light Recicla, um contêiner onde podem ser depositados materiais recicláveis. No evento da Árvore, os visitantes que utilizarem o espaço para descarte terão seu lixo revertido em um valor que poderá ser doado para uma das 48 instituições beneficentes cadastradas pela Light. Os valores arrecadados durante o evento serão revertidos em descontos na conta de energia elétrica das instituições.

A quarta atração do espaço é o letreiro #BrilhaRio, onde os visitantes poderão tirar fotos com a Árvore ao fundo. O gerente do Instituto Light explica que a #Brilha Rio está espalhada também em mobiliários urbanos, como parte de uma campanha de engajamento promovida pela empresa. A hashtag também está sendo utilizada em postagens feitas nas redes sociais. Segundo Luís Felipe Amaral, a intenção da Light com essa ação é valorizar a cidade e seus moradores.

“Como diz a nossa presidente, a Ana Marta: ‘Se é para o Rio brilhar, conte com a energia da Light’, fazendo um link, para o Rio voltar a brilhar, da autoestima dos cariocas e fluminenses, a economia... para que a gente retome isso. Então, a Light, por ser uma empresa de 115 anos de presença no Rio em 2020, ela também tem esse papel de contribuir para o aprimoramento da cidade. Então, o que nos cabe, o que é possível fazer nós estamos fazendo, com muito empenho, muito carinho”, ressalta.

Serviço:

Árvore do Rio Light

Local: Lagoa Rodrigo de Freitas, Rio de Janeiro

Data: até 06 de janeiro

Horário: Diariamente, sendo as luzes acessas das 19h à 01h (segunda a quinta) e das 19h às 02h (sextas, sábados e domingos)

Luzes do Rio

Diariamente das 19h às 22h. Sextas e sábados até às 23h.

Espetáculo Quanta Energia

Sábados às 19h e aos domingos às 18h.

Ecoponto Light Recicla

De sexta a domingo, das 12h às 20h.

#BrilhaRio

Diariamente, das 19h às 22h. Sextas e sábados até 23h.

*Atualizada em 18/12/2019 às 12h04
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas