pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Reportagens
Reportagens
voltar

Assunto: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA INDÚSTRIA
24.08.20
|
Aplicativo traz informações sobre gestão de energia em indústrias energointensivas
Dispositivo desenvolvido no âmbito do Programa Aliança terá um conjunto de funcionalidades para disseminar conhecimento e estimular a cultura da eficiência energética

Tiago Reis, para o Procel Info
Minas Gerais – O setor de eficiência energética ganha mais um instrumento para disseminar o conhecimento e tornar mais eficiente os processos industriais. Foi lançado nesta segunda-feira, dia 24 de agosto, o aplicativo do Programa Aliança, uma iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em parceria com o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), a Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e Consumidores Livres (Abrace), Ministério de Minas e Energia (MME) e Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que tem como meta principal aumentar a competitividade da indústria brasileira por meio de ações de eficiência energética em sistemas energointensivos.

Desenvolvido pela empresa Ápice Games, o aplicativo faz parte da estratégia de comunicação e disseminação do conhecimento do Programa Aliança, projeto iniciado em 2014 e que, em dois ciclos, já realizou trabalhos em 14 indústrias com grande consumo energético dos setores siderúrgico/metalúrgico, químico, papel e celulose, cimento, mineração e automotivo.

No aplicativo, o usuário poderá acessar diversas funcionalidades, tais como: informações institucionais do Programa Aliança e seus parceiros, ferramenta de plano de ação, seções com dicas, agenda de eventos, fotos, vídeos, textos e áudios (podcasts), ambientes interativos (quiz, banco de ideias).

Para Gustavo Soares Vasconcelos, Consultor de Gestão e Cultura do Programa Aliança, o aplicativo chega com a missão de favorecer o processo de consolidação da cultura da eficiência energética. Ele avalia que muitas dessas informações ficavam restritas às equipes que participavam diretamente das atividades do Aliança, e com o aplicativo haverá a possibilidade de compartilhar esse conhecimento com toda a planta industrial participante do Programa. “O aplicativo oferece várias funcionalidades reunidas na tela do celular. Essas informações qualificadas certamente vão contribuir para o fortalecimento de uma cultura de eficiência energética”, ressalta.

LEIA MAIS:

Programa Aliança leva eficiência energética para grandes indústrias

Plataforma online disponibiliza informações relativas ao Programa Aliança

Gustavo Vasconcelos explica que o aplicativo terá 11 funcionalidades. Uma delas é a Biblioteca do Conhecimento, local em que o usuário, por meio de textos, vídeos e podcasts, terá à sua disposição informações gerais sobre eficiência energética na indústria. A função Dicas vai apresentar informações e exemplos de boas práticas no setor industrial. Já a seção Avisos, vai enviar notificações sobre notícias relacionados ao Programa Aliança e ações de eficiência energética. Por sua vez, o campo Agenda, vai trazer a lista com os principais eventos relacionados ao setor de eficiência energética. O aplicativo também possui funções interativas, como o Quiz e o Chat.

O Painel de Gestão, por sua vez, vai mostrar uma visão geral de todas as ações efetuadas em cada uma das plantas industriais beneficiadas pelas ações de eficiência energética do Programa Aliança. Nesse ambiente individualizado (apenas a indústria dona da informação consegue acessar seu conteúdo específico), estará disponível o plano de ação da empresa, instrumento de acompanhamento das atividades de implantação dos projetos oportunizados e aprovados.
Aplicativo chega com a missão de favorecer o processo de consolidação da cultura da eficiência energética em ambientes industriais

“O Painel de Gestão é a ferramenta de gestão do Programa Aliança, que, com o aplicativo, torna-se automatizada, favorecendo a interação. Uma de suas funcionalidades permite aos gestores do plano estabelecer concordância ou discordância com as ações propostas”, explica Gustavo.

A gestão do projeto vem sendo acompanhada pela equipe do Procel formada pelos engenheiros Samuel Moreira Duarte Santos e o seu suplente, George Camargo dos Santos. Samuel destaca que a funcionalidade do Painel de Gestão ganha grande importância no momento atual, em que várias atividades são realizadas de maneira remota por conta da pandemia da covid-19. Ele revela que, por conta do distanciamento e do “novo normal” desse período de pandemia, essa seção do aplicativo será de grande utilidade para as empresas que farão parte do Programa Aliança 2.

Outro ponto destacado por Samuel é que o aplicativo traz ferramentas de interação de gamificação, que serão utilizadas de forma estratégica para o engajamento das ações do Programa Aliança e o fortalecimento da cultura de eficiência energética nos parceiros industriais. A gamificação, além de elementos lúdicos, utiliza como gatilho de aprendizagem a revisitação aos conteúdos pelos participantes. Esse método, com a adequada renovação das questões e inserção de novas mecânicas de jogos, contribui para a gestão estratégica do conhecimento e para a assimilação de novos comportamentos e atitudes em ambientes corporativos.

O aplicativo será administrado pela Eletrobras, por meio da equipe do Procel, e estará disponível exclusivamente às indústrias participantes do Programa Aliança e seus times.

Programa Aliança

Idealizado em 2014, o Programa Aliança já realizou trabalhos em 14 indústrias energointensivas dos setores siderúrgico/metalúrgico, químico, papel e celulose, cimento, mineração e automotivo. No primeiro ciclo, em 2015/2016, o Programa foi implantado na unidade da montadora General Motors (GM), em São Caetano do Sul-SP, e na unidade da indústria química Clariant, em Suzano-SP. Cada projeto teve investimento de R$ 500 mil, sendo 50% financiado pela Embaixada do Reino Unido e o restante pelas indústrias.
Em dois ciclos, as ações do Programa Aliança proporcionaram uma economia de energia de cerca de 175 GWh

Já no segundo ciclo, iniciado em 2017, o número de plantas industriais que aderiram ao Programa Aliança passou para 12. Contando com apoio do Procel, por meio de projeto aprovado na primeira edição do Plano de Aplicação de Recursos (PAR Procel – 2017), cada implantação foi orçada em R$ 500mil, sendo 50% do Procel e os outros 50% das indústrias. Nesse ciclo, participaram 12 plantas industriais das empresas Anglo American, Arcelor Mittal, Aperam, CSN, Gerdau, Nexa – 2 plantas, Rima e Vallourec, nos setores de siderurgia/metalurgia/mineração; CSN Cimentos (cimento), Suzano (papel e celulose), e Oxiteno (química).

O Programa Aliança é pioneiro no Brasil na adoção de acordos voluntários. As empresas interessadas recebem consultorias de especialistas para a implementação de medidas para a redução do consumo de energia. Em contrapartida, as indústrias participantes se comprometem a executar os projetos por elas aprovados. Até o momento, o Programa Aliança proporcionou uma economia de energia de cerca de 175 GWh com projetos efetivamente implementados e com validação dos resultados realizados em conjunto pela indústria e equipe técnica do Programa Aliança.
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas