pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Reportagens
Reportagens
voltar

Assunto: Nacional
27.02.19
|
Procel aprova orçamento de R$ 193 milhões para eficiência energética em 2019
Rio de Janeiro – Com R$ 30 milhões cada, Indústria e Iluminação Pública serão os subprogramas que terão o maior volume de recursos para a execução dos projetos
Tiago Reis, para o Procel Info



Rio de Janeiro – A segunda edição do Plano de Aplicação de Recursos do Procel (PAR) prevê um orçamento de R$ 193.062.321,99 para o investimento em projetos de eficiência energética. Aprovado em dezembro pelo Comitê Gestor de Eficiência Energética (CGEE), o orçamento para o ciclo 2018/2019 é cerca de 80% superior ao valor destinado para a primeira edição do PAR, quando foram reservados pouco mais de R$ 107 milhões para os projetos.

Oriundo da Lei 13.280/16, o PAR é uma fonte regular de recursos do Procel para a aplicação em seus projetos. Pela lei, haverá anualmente a elaboração de um Plano de Aplicação de Recursos (PAR), que vai determinar o valor a ser direcionado para os segmentos de atuação do Procel (educacional, industrial, de edificações, de iluminação pública, na gestão energética municipal e no saneamento ambiental), além de prever a realização de ações de marketing, divulgação de informações, desenvolvimento do Selo Procel de Economia de Energia e iniciativas de caráter estruturante.

Para este ciclo do PAR, foram definidos 28 projetos como prioritários para receberem os aportes dos recursos. O Procel Indústria, com R$ 32.468.800,00 e o Procel Reluz, com R$ 30 milhões serão os subprogramas com o maior orçamento neste período.
'Nova edição da Chamada Pública de Projetos de Iluminação a LED é um dos destaques do PAR 2018/2019'

Um projeto de destaque no segmento industrial é a Chamada Pública para a seleção de projetos para participar do Programa de Eficiência Energética em sistemas de ar comprimido nas médias e grandes indústrias e de instalações industriais de micro e pequenas empresas. Com R$ 6.508.800,00 de orçamento, o programa tem como objetivo principal a redução direta no consumo energético, além da consolidação de uma cultura de eficiência energética no setor industrial e de gestão por meio da implementação da norma ISO 50001. Além desse projeto, o setor industrial contará com diversas outras ações, entre as quais estão: Impacto das Técnicas de Reparo de Motores Elétricos sobre seus Rendimentos, Programa Brasil Mais Produtivo Eficiência Energética, Eficiência Energética Digital e Programa Aliança 2.0.

Já no Procel Reluz, o destaque é a nova edição da Chamada Pública de Projetos de Iluminação a LED. Após o sucesso da seleção realizada em 2018, que contou com R$ 17,5 milhões em recursos não reembolsáveis para investimento em municípios brasileiros, e teve mais de 1.100 municípios inscritos das cinco regiões do país, dos quais 22 foram escolhidos, o PAR 2018/2019 prevê R$ 30 milhões em recursos para a modernização dos sistemas de iluminação pública por meio da adoção da tecnologia LED. Além de reduzir o consumo de energia elétrica, esses projetos vão proporcionar a melhoria das condições de segurança nas vias públicas e a valorização dos espaços públicos, representando um consequente benefício da qualidade de vida nas cidades brasileiras.

O PAR 2018/2019 também prevê investimentos na área de edificações, por meio do Procel Edifica. Neste ciclo, o destaque fica por conta do plano para a implementação da Compulsoriedade do PBE Edifica. Responsável por metade do consumo de energia elétrica do Brasil, o segmento de edificações possui grande potencial de aumentar os índices de eficiência energética, e a obrigatoriedade desta etiqueta nas novas edificações dos segmentos público, comercial e residencial pode acelerar os índices de eficiência energética do setor. Outra iniciativa de destaque é o Concurso NZEB - Edificações “Near Zero Energy Building”. Essa iniciativa pretende estimular a adoção deste conceito, que consiste na construção de edificações de alta eficiência energética com geração distribuída local de fonte renovável e que alcancem um balanço energético próximo a zero.

Também dentro desse plano está prevista a realização do primeiro concurso patrocinado pelo Procel para o desenvolvimento de soluções inovadoras em eficiência energética. O concurso tem como objetivo principal oferecer oportunidades para empreendedores brasileiros com negócios inovadores em eficiência energética, além de estimular o segmento de startups no desenvolvimento de soluções inovadoras e com elevado potencial de mercado. O concurso também tem como meta estimular que estas soluções contribuam para a disseminação dos conceitos da eficiência energética e aumento dos índices de eficiência nacionais.
'Pela primeira vez o Procel vai apoiar a realização de um concurso nacional para o desenvolvimento de soluções inovadoras em eficiência energética'

Entre outros projetos contemplados no PAR 2018/2019, está a capacitação Laboratorial para Ensaio de Equipamentos de Refrigeração e Ar-condicionado, com o objetivo de possibilitar a melhoria da utilização do Selo Procel em novos equipamentos; o apoio na elaboração do Plano Decenal de Eficiência Energética e a realização de uma nova campanha publicitária sobre a atuação do Procel, na qual serão apresentadas as ações de eficiência energética nos diversos segmentos, detalhando ainda mais cada iniciativa executada pelo Procel e massificando a importância do consumo consciente, ao serem exigidos produtos com Selo Procel, tanto para equipamentos elétricos quanto para edificações.

Além dos 28 projetos já priorizados, este ciclo conta também com 18 projetos classificados como “stand-by”, que serão executados mediante a disponibilidade de recursos. Essa disponibilidade poderá ocorrer devido à redução dos preços dos contratos em decorrência dos processos, conforme ocorrido no primeiro ciclo do PAR.
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas