pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Reportagens
Reportagens
voltar

Assunto: Correio Braziliense - 08.01.2022
24.01.22
|
Construção civil busca soluções sustentáveis
Em artigo, Paulo Salvador, da Modularis Offsite Building, destaca que setor da construção civil é responsável por 36% do consumo de energia em todo o mundo

Distrito Federal - Responsável por boa parte do impacto ambiental no mundo, a construção civil necessita de alternativas para inovar a cadeia produtiva de forma sustentável e perene. A construção off site tem muito a contribuir nesse salto. Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), a construção civil é responsável por 36% do consumo de energia, 38% de emissões de carbono relacionadas à energia e 50% do consumo de recursos naturais. E a perspectiva é que esses índices aumentem em 100% até 2060.

No Brasil, os dados não são muito distantes disso. O setor gera de 35% a 40% de todo o resíduo gerado nos grandes centros. A estimativa é de que as obras produzem anualmente perto de 400kg de entulho por habitante (quase igual ao de lixo urbano), sendo que a boa parte das sobras (tijolos, argamassa e outros) não são reciclados ou descartados adequadamente. Só a produção de cimento gera 8% a 9% de todo o gás carbônico (CO2) emitido por aqui.Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) mostra que 8% de tudo que é produzido em uma obra vira desperdício.

Panorama preocupante que requer atenção, mais que isso, nos pede atitude. A COP26, recém -realizada em Glasgow, na Escócia, acentuou o senso de urgência em relação à busca de soluções para as questões climáticas. Isso afeta todos os países e segmentos, e a pauta da sustentabilidade é prioridade universal.
Clique no link abaixo e leia a reportagem na íntegra
Correio Braziliense 08.01.2022.pdf
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas