pixel
pixel
pixel
cadastro | dúvidas | fale conosco | links | mapa do site  
pixel
pixel
Busca:
pixel
pixel
pixel
pixel

Áreas Temáticas

Resultados do Procel

Selo Procel Edificações

Pesquisa de Posse e Hábitos

Potencial de EE para Indústria

Eficiência nas escolas

Aquecimento solar de água

Dicas
  Você está em: Procel Info »  Notícias e Reportagens »  Reportagens
Reportagens
voltar

Assunto: Panorama Nacional
09.11.20
|
Selo Procel estabelece critérios mais rígidos para aparelhos de ar-condicionado
Eletrobras atualiza os critérios específicos de eficiência energética para a obtenção da certificação. Selo Procel Ouro vai destacar os equipamentos mais eficientes do mercado

Tiago Reis, para o Procel Info
Rio de Janeiro - A Eletrobras, por meio do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), atualizou os critérios específicos do Selo Procel de Economia de Energia para aparelhos de ar-condicionado. A revisão, uma demanda aguardada pela sociedade, aumentou os níveis mínimos de eficiência energética para a concessão do Selo Procel para os produtos desta categoria, equiparando a certificação brasileira às melhores práticas internacionais no setor. A revisão do Selo Procel também traz uma novidade, a criação do Selo Procel Ouro, instrumento que visa destacar os melhores equipamentos do mercado.

A revisão foi resultado de reuniões técnicas com a participação de representantes da indústria, do Ministério de Minas e Energia (MME), de laboratórios, de universidades, representantes da sociedade civil e de representante da Collaborative Labeling and Appliance Standards Program (Clasp), entidade internacional com atuação destacada em eficiência energética em refrigeração.

Os especialistas em eficiência energética da Eletrobras, Marcello Soares Rocha e Victor Zidan da Fonseca, integrantes da equipe do Selo Procel para aparelhos de ar-condicionado, explicam que o processo de atualização dos critérios específicos de condicionador de ar do Selo Procel foi bastante discutido com instituições representativas da sociedade civil, laboratórios, órgãos governamentais, como Inmetro e MME, e associações de fabricantes. A partir de um estudo realizado pelo Labelo (Laboratórios Especializados em Eletroeletrônica, Calibração e Ensaios), apoiado com recursos provenientes do primeiro Plano de Aplicação de Recursos do Procel (PAR-Procel/2017), foram obtidos subsídios para a definição dos novos critérios do Selo Procel para ar-condicionado.

“As mudanças mais significativas são o uso do índice de eficiência energética chamado Índice de Desempenho de Resfriamento Sazonal (IDRS) e a entrada de um critério sobre fluído refrigerante. Um aspecto digno de nota é que, para o cálculo do IDRS, o Labelo-RS fez um levantamento de dados climatológicos do Brasil e levantou os dados de uso de condicionadores de ar através da Pesquisa de Posses e Hábitos patrocinada pelo Procel. Com isso, os ensaios feitos no Brasil refletem a nossa sazonalidade de climas bem como os hábitos de uso dos brasileiros”, destaca Victor Zidan.
Nível de eficiência energética dos aparelhos de ar-condicionado contemplados com o Selo Procel será superior ao nível A da etiqueta do PBE

O especialista lembra que, apesar de os novos requisitos para concessão do Selo Procel para aparelhos de ar-condicionado já estarem em vigor, foi determinado um prazo de transição para que a indústria possa se adaptar às novas exigências. Os produtos que já possuem o Selo Procel poderão ser comercializados até 02 de maio de 2022. Após esse prazo, o fabricante que quiser continuar utilizando o Selo Procel no seu equipamento deverá apresentar novos ensaios que comprovem o atendimento ao novo critério. Já para os produtos que não possuem o selo, se os fabricantes desejarem obtê-lo, terão que cumprir as novas exigências do Selo Procel.

A implementação dos novos índices será feita em três fases. Na primeira, com vigência até 02/05/2022, todos os equipamentos devem estar classificados na faixa A do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), índice definido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A partir de 03/05/2022, os condicionadores de ar deverão apresentar IDRS (Índice de Desempenho de Resfriamento Sazonal) de 6,0, o que tornará o nível de eficiência energética do Selo Procel superior ao determinado pelo Inmetro, que passará a exigir um IDRS de 5,5 em 2022. Já a partir de 03/11/2023, o IDRS mínimo necessário para um fabricante obter o Selo Procel será de 7,6.

Selo Procel Ouro vai destacar os equipamentos mais eficientes do mercado

Uma novidade implementada na revisão do Selo Procel para equipamentos de ar-condicionado foi a criação da categoria Ouro. Essa categoria, considerada premium, tem como objetivo diferenciar os equipamentos mais eficientes dos demais contemplados com o Selo Procel. O Selo Procel Ouro será concedido para equipamentos com IDRS superior a 7,6 até maio de 2021 e igual ou superior a 8,2 a partir de novembro de 2023.

“O Selo Procel Ouro será somente digital, esse selo é uma categoria premium, por meio da qual o modelo mais eficiente poderá se diferenciar dos outros modelos com Selo Procel, tanto em termos de consumo menor de energia quanto ao uso de gases refrigerantes com menor potencial de aquecimento global. A ideia é que o Selo Procel Ouro se estenda para outros equipamentos”, explica o engenheiro eletricista Marcello Soares Rocha.
Eletrobras pretende estender o Selo Procel Ouro para outras categorias de equipamentos

Marcello Rocha destaca que, para o consumidor obter de fato uma economia de energia significativa ao adquirir um aparelho de ar-condicionado com o Selo Procel, é necessário que sejam observados diversos cuidados: instalação elétrica adequada; ações de manutenção preventiva (como a limpeza constante dos filtros); utilização em ambiente apropriadamente isolado termicamente (manter portas e janelas fechadas); regulagem de temperatura ambiente, que deve ser adequada; carga térmica do ambiente compatível com a potência do equipamento. “Feitas essas ressalvas, é esperado que os equipamentos com Selo Procel Ouro, por terem um índice de eficiência energética superior ao restante do mercado, efetivamente consumam menos energia”, conclui.

As informações completas sobre os novos critérios específicos para o Selo Procel para aparelhos de ar-condicionado estão disponíveis no Portal Procel Info.

* Texto atualizado às 19h47 do dia 10/11/2020
Imagem para contabilização de acessos a páginas
Envie a um amigo
Imprimir
pixel
Imagem para contabilização de acessos a páginas